Por que a aderência é essencial no sucesso da educação corporativa em saúde?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O sucesso da educação corporativa está diretamente ligado à aderência aos cursos e treinamentos. Isso porque somente com presença, dedicação e engajamento, os colaboradores absorvem o conteúdo difundido. E esse é um dos principais objetivos da educação continuada: ampliar o conhecimento.

Sendo assim, a aderência é essencial em processos de educação corporativa que almejam o sucesso. Na verdade, ser bem sucedido nesse caso, depende quase que exclusivamente da aderência. Mas há um grande desafio envolvido nessa questão: manter as equipes empenhadas com treinamentos de modo a concluí-los completamente.

Essa é uma missão que depende das empresas, da qualidade dos treinamentos oferecidos e da forma como os gestores propõem a inserção deles na rotina do colaborador. Vale reforçar: quanto maior a aderência, isto é, quanto mais colaboradores concluírem os cursos de educação continuada, mais as chances dos resultados elevados aumentam significativamente.

Sucesso da educação corporativa

Há tempo, as organizações vêm percebendo que apenas a remuneração não é mais suficiente para manter um profissional motivado e para preservar o engajamento de colaboradores qualificados na empresa.

Os treinamentos vêm justamente para agregar valor à posição de trabalho oferecida. O investimento na capacitação de colaboradores é fundamental para melhorar os resultados de qualquer negócio, independentemente do porte da empresa.

Quando se tem uma equipe preparada e alinhada com as necessidades corporativas, o resultado é um aumento na produtividade, na criatividade e na inovação, seja em produtos ou na prestação de serviços.

Um projeto de educação continuada de qualidade contribui para o crescimento do profissional e, consequentemente, para o surgimento de novas ideias e de um ambiente de trabalho favorável ao desenvolvimento do negócio.

Agora, para garantir o sucesso da educação continuada, é preciso estar atento à aderência. E para evitar que ela seja baixa, alguns detalhes devem ser observados.

Pequenos detalhes, grandes resultados

O primeiro detalhe é o conteúdo abordado, que deve fazer sentido para o colaborador e ter aplicação prática em seu dia a dia.

O foco tem que ser em manter o interesse da pessoa naquele assunto e o seu engajamento, para que ela não só participe do treinamento e esteja atenta ao conteúdo, mas também conclua todas as etapas.

Para isso, é essencial conhecer bem o público que vai receber o curso, seus interesses e seu comportamento, para planejar estratégias que aumentem o engajamento. Há muitas possibilidades a explorar: vídeos animados, ferramentas interativas como um quiz ou dinâmica de jogos. 

Além de programas híbridos, que combinam o formato digital mais tradicional e atividades síncronas (ao vivo) para um contato mais “real” com o instrutor. Tudo como forma de estímulo positivo, para que no processo o aluno se torne também protagonista, em vez de apenas receber o conteúdo de forma passiva.

Efeitos da baixa aderência

Com o baixo engajamento, o ROI (retorno sobre o investimento) na educação em saúde e nos treinamentos corporativos acaba sendo mais baixo, já que os colaboradores não absorvem o conteúdo e, portanto, não desenvolvem de maneira completa as  habilidades que poderiam, de fato, contribuir com a melhoria de sua performance. Desta forma, não aplicam o conhecimento na empresa e não geram tantos resultados diferentes, como sempre se verifica em treinamentos corporativos, quando há aderência.

Todos esses pontos devem ser planejados na fase de estruturação da educação corporativa, afinal, o formato das aulas que integram o treinamento, o material complementar disponibilizado, a capacidade dos professores e a expertise de quem vai viabilizar a capacitação fazem toda a diferença para gerar engajamento. E esse engajamento, como vimos, é essencial para o sucesso da educação continuada.

E na saúde não poderia ser diferente

Na saúde, o cenário é ainda mais desafiador. Imagine a variedade de escalas e interesses de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, enfim, toda gama de profissionais envolvidos em uma instituição de saúde.

Ou seja: dependendo do alvo do curso, o engajamento não virá com o abuso de features e formatos, mas justamente com conteúdos mais sóbrios e aprofundados.

Muitas vezes, é justamente a parcimônia na utilização das ferramentas que garantirá a aderência e, consecutivamente, o sucesso dos programas de educação corporativa.

Carreiras mais acostumadas com trabalhos científicos, por exemplo, ficarão muito mais à vontade com a exibição de dados em detrimento de atividades mais leves.

Soluções

As soluções oferecidas pelo Medportal resolvem diversos problemas encontrados pelas instituições, como a dificuldade de estabelecer o treinamento diante das diferentes escalas de cada equipe, a necessidade de modernizar a capacitação e a facilidade da aplicação do treinamento, além da possibilidade de rapidamente ajustar conteúdos de acordo com os diversos públicos-alvo, o que personifica a jornada de aprendizagem do colaborador.

Nossa plataforma tem sido amplamente compreendida como interessante pelos colaboradores das empresas, já que fornece uma sólida base de conhecimento e possibilita que os colaboradores se desenvolvam no exercício de suas funções, o que os torna mais seguros e gera mais resultados nas mais de 240 instituições que possuem um programa de educação digital com o Medportal.

Como exemplo prático, comparamos o primeiro trimestre de 2020 e o de 2021. Com isso, foi possível observar que nos primeiros meses deste ano, os profissionais de saúde que se capacitam através das soluções do Medportal consumiram 8 vezes mais treinamentos que no ano anterior. Registramos uma elevação de 1085% nas matrículas dos treinamentos digitais nas plataformas que administramos. Esses dados representam que a educação digital é uma premissa cada vez mais presente em instituições de saúde.

Para saber mais detalhes, entre em contato conosco.

marketingmedportal

marketingmedportal

Assine nossa Newsletter


    Fique tranquilo não enviamos SPAM.

    %d blogueiros gostam disto: